Publicado por: Horácio Noronha | 29/08/2015

A diocese de Setúbal está em situação de “Sé vacante”, mas continua confiada a D. Gilberto, Administrador Apostólico

Por decreto de 24 de Agosto, o Santo Padre, através da Congregação para os Bispos, aceitou o pedido de resignação de D. Gilberto como Bispo de Setúbal e nomeou-o “Administrador Apostólico”  da Diocese, com todas as faculdades e obrigações de um Bispo diocesano, até à tomada de posse do novo Bispo. A situação da Diocese é, pois de “Sé vacante”; no entanto, a comunhão desta Igreja particular com o Santo Padre e, nele, com todo o Colégio Episcopal e toda a Igreja mantém-se e é garantida pela comunhão com o Administrador Apostólico. Assim, na Oração Eucarística deve ser nomeado, até à tomada de posse do novo Bispo, o nome do Administrador Apostólico: em vez de “o nosso Bispo Gilberto”, dir-se-á “o nosso Administrador Apostólico Gilberto”, como estabelece o decreto de 05.09.1972 da Congregação para o Culto Divino.

No uso das faculdades que lhe foram atribuídas com esta nomeação, D. Gilberto, agora Administrador Apostólico da nossa Diocese, por decreto do mesmo dia 24 de Agosto, confirmou os presbíteros, diáconos e leigos nos cargos (ofícios e serviços)  para que se encontram, nesta data, nomeados.

(Nota da Secretaria diocesana)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: